Impacto

Projecto Moatize-Macuse – Linha Férrea e Porto

Data de Publicação: 19/02/2015

A IMPACTO já apresentou, em sessões de consulta pública em Quelimane e Tete,  os Estudos de Pré-viablidade Ambiental e os Termos de Referência, deste projecto de desenvolvimento da companhia Italthai.

A Directora da Participação Pública e Relações Institucionais da IMPACTO, Dra Felicidade Munguambe Salgado, deslocou-se nos dias 1,2 e 3 de Dezembro, a Quelimane e a Tete, para moderar as reuniões de Consulta Pública relativas ao projecto de construção da linha férrea Moatize-Macuse e Porto de Macuse.

Na primeira reunião, no dia 1 de Dezembro no Hotel Milénio de Quelimane, a consultora sénior da IMPACTO e gestora da componente do projecto relativa à construção do porto, Dra Luciana Santos, apresentou o Estudo de Pré-viabilidade ambienta (EPDA), e os Termos de Referência, do projecto de construção do Porto de Macuse.

No dia 2 e no dia 3 de Dezembro, respectivamente em Quelimane e em Tete, o consultor sénior da IMPACTO e gestor da componente Linha Férrea, Engº  José João Jerónimo, fez a apresentação do EPDA e TdR para a linha férrea que vai atravessar as províncias de Tete e Zambézia, entre a região carbonífera de Moatize e o porto de águas profundas de Macuse.